quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Atenção, servidores de Cabo Frio!


CONVOCAÇÃO

       Convocamos toda a categoria a se fazer presente na assembleia unificada, hoje, dia 12/12, às 16 h em frente à Câmara a fim de testemunhar o Prefeito Alair Corrêa assinando o Termo de Compromisso com o pagamento do Plano de Cargos e Salários dos Servidores do Município, a partir de janeiro.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

ATENÇÃO REDE MUNICIPAL DE CABO FRIO!

PARALISAÇÃO DE 24H, amanhã, dia 04/12, com ato em frente a câmara Municipal a partir das 14h e na quinta-feira, dia 06/12 com assembleia, para decidirmos o rumo do nosso movimento.
REDE MUNICIPAL EM ESTADO DE GREVE

ATENÇÃO REDE ESTADUAL


terça-feira, 27 de novembro de 2012

Atenção REDE MUNICIPAL DE CABOFRIO!!!!

ACORDO FEITO COM OS VEREADORES SERÁ DESCUMPRIDO NA SESSÃO DE HOJE, DIA 27/11, ÀS 18H.
VAMOS NOS FAZER PRESENTES E REIVINDICAR NOSSOS DIREITOS!
 VEJAM O DOCUMENTO ENTREGUE PELA COMISSÃO DE FINANÇAS AOS SINDICATOS:




 PARALISAÇÃO UNIFICADA, DIA 29/11, ÀS 9H EM FRENTE À CÂMARA.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012


Atenção Rede Estadual



Deliberações do Conselho Deliberativo dia 24 de novembro 2012-11-25
Calendário:
Paralisação dia 5/12- Ato Ceia da miséria em frente à SEPLAG- 14 horas
·         Dia da devolução do livro entregue pela SEEDUC;
·         Dia D dos aposentados que ganharam na justiça a devolução dos 164,00. Neste dia serão entregues todas as petições no protocolo da SEPLAG;
·         Convocação dos animadores culturais;
·         Participar dia 1/12 do ato no maracanã
Dia 22/02- Conselho deliberativo- 18 horas
Dia 23/2- Assembleia

Outras ações:


  • ·         Ação na justiça para garantir a licença prêmio;

  • ·         Propor emenda da aplicação dos 10% da arrecadação dos  royalties  do petróleo exclusivamente para educação e acompanhar a reunião na 3ª feira no gab do Freixo;

  • ·         Iniciar o ano letivo com corrida organizada de escolas;

  • ·         Indicativo de greve no início do ano letivo estabelecendo desde já condições, priorizando a luta contra a certificação e a defesa dos triênios;

  • ·         Assinar a petição pública contra o plano de metas meritocrático do governo;

  • ·         Articular nacionalmente o conjunto dos trabalhadores/as;

  • ·         Campanha na mídia contra o fechamento das escolas;

  • ·         Investir numa campanha de filiação;

  • ·         Fazer o mapeamento da constituição dos MP e seu funcionamento;

  • ·         Retorno da matriz de 30 tempos. Nenhuma disciplina com menos de 2 tempos. As disciplinas nas áreas de humanas deverão estar presentes nos três anos do ensino médio;

  • ·         Lutar para que o estado faça atendimento em educação infantil e creches onde houver demanda;

  • ·         Iniciar o ano letivo com um seminário para a categoria, buscando unir as duas redes. Debater a política educacional que queremos para se contrapor a dos governos que seguem a lógica meritocrática e mercadológica. Combater a política de certificação e fazer a disputa de projeto sobre a escola que queremos em consonância com a sociedade que queremos;

Materiais: 


  • ·         Jornal mural;

  • ·         Boletim do estado apresentando nossos argumentos contra a política de certificação e fechamento das escolas;

  • ·         Conselho de Classe para casa dos/as filiados/as fazendo uma retrospectiva das lutas e vitórias;

  • ·         Melhorar o site do SEPE tornando mais dinâmico: estudar a elaboração do facebook da imprensa do SEPE;

  • ·         Elaborar uma cartilha incluindo o direito de greve e a luta pelo plano de carreira unificado

Eixos para campanha salarial: (a direção dará tratamento)- terá um caráter político ideológico combatendo a concepção mercadológica na educação


  • ·         Pelos 5 salários mínimos para professores/as e 3,5 para funcionários/as administrativos/as;

  • ·         Defesa do Plano de Carreira unificado e contra qualquer política de abonos, gratificação e ou certificação;

  • ·         Concurso público, já;

  • ·         Eleições diretas nas escolas

  • ·         Condições de trabalho nas escolas e contra o assédio moral;

  • ·         Revitalização do IASERJ;

  • ·         Resgatar o Fora Cabral

Contatos:


  • ·         Fazer contatos com os estados onde a política de certificação foi adotada como BA e PE;

  • ·         Com todos os sindicatos que lutam contra a mercantilização da educação;

  • ·         Fortalecer o FEDEP: propor a realização de um encontro estadual com o objetivo de realizar um seminário nacional sobre a educação;

Para a direção Estadual:


  • ·         Organizar o seminário para as direções de núcleos e regionais;

  • ·         Realizar um seminário sobre orçamento em parceria com o DIEESE;

  • ·         Organizar o seminário de abertura do ano letivo com caráter político-pedagógico;

  • ·         Definir que diretores/as vão participar da reunião do MUSPE na segunda feira dia 26- 18 horas bem como da reunião do FEDEP às 18 horas



quarta-feira, 14 de novembro de 2012


Juntos somos fortes!



Atenção, profissionais da Educação - Cabo Frio!!!

Nossa assembleia (Rede municipal) que estava agendada para 30/11 foi transferida para 29/11 para fazermos coro ao ATO UNIFICADO dos servidores municipais.

Neste dia faremos PARALISAÇÃO de 24h.

Nossas atividades começarão às 10h e nosso ponto de mobilização será em frente à Câmara de Cabo Frio.

Juntos somos mais fortes!

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Ato UNIFICADO

Ato UNIFICADO -  SEPE Lagos, SINDICAF, SINDSAÚDE, AGMCF e AFM no dia 29/11, a partir das 10h, em frente à Câmara Municipal, com Assembleia no fim da tarde.


Nossa pressão será para a aprovação da LOA nesta data.
A hora é essa!

Vamos tod@s à luta!

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Atenção REDE ESTADUAL!!!

INFORME SOBRE A ADI 4782 (“TRIÊNIOS”)



                        Vimos fornecer em 12.11.12 por escrito o informe já fornecido verbalmente ao corpo diretivo do SEPE/RJ em 08.11.12 sobre o andamento da ADI 4782, pela qual o Governador Sérgio Cabral questiona no STF o art. 83, inc. IX, da Constituição Estadual, sustentando vício de iniciativa, sob o argumento de haver invasão da competência privativa do Chefe do Poder Executivo Estadual (Governador) e por ofensa ao princípio da Separação dos Poderes, alegando que as “disposições acerca de adicionais remuneratórios somente podem ser veiculadas através de Projetos de Lei de iniciativa do Chefe do Executivo” competente para realizar a “organização e o funcionamento da administração estadual”, sendo certo que a situação merece toda seriedade, já que ataca o benefício da ‘gratificação adicional por tempo de serviço’, conquista histórica dos servidores públicos do Estado do Rio de Janeiro.

                        O processo fora distribuído em 24.05.12, tendo como Relator o Ministro Gilmar Mendes que, em decisão de 31.10.12 publicada em 07.11.12, assim entendeu:

"Considerando a relevância da matéria, adoto o rito do art. 12 da Lei 9.868, de 10 de novembro de 1999, e determino: 1) requisitem-se as informações definitivas, a serem prestadas no prazo de 10 dias; 2) após, remetam-se os autos, sucessivamente, ao Advogado-Geral da União e ao Procurador-Geral da República, para que se manifestem no prazo de 5 dias. Publique-se."


                        A decisão, portanto, atribuiu ao feito o rito abreviado, reduzindo os prazos no processo para que ande com maior rapidez, além de determinar a expedição de ofício para que a ALERJ preste informações em 10 dias, sendo o momento oportuno para que o SEPE ingresse no feito como amicus curiae (amigo da causa) e se manifeste em defesa do direito da categoria.

                        O Departamento Jurídico do SEPE está concentrando toda sua atenção ao caso, sendo certo que o pedido de ingresso no feito como amicus curiae poderá ser deferido ou não pelo STF.

                        Nos próximos dias o Departamento Jurídico vai preparar referido pedido e tentar despachar diretamente com o Ministro Relator em Brasília, mantendo a categoria, como de costume, devidamente informada.

Saudações,

Juliana Oliveira
Advogada 40 h Sepe Central

domingo, 11 de novembro de 2012

Calendário de Lutas:


Dia 23/11 acontecerá o Encontro Municipal de Funcionários, na Associação Atlética Cabo-friense, de 14h às 17h30min, com abono de faltas. Os Funcionários filiados que desejarem ir ao Encontro Estadual (28 e 29/11) deverão entrar em contato com o SEPE-Lagos até dia 21/11. Temos 4 vagas com todas as despesas pagas. O encontro será em Nova Friburgo. O sorteio das 4 vagas acontecerá na sede do Núcleo, no dia 21/11, às 15h. Os que ainda não são filiados poderão se filiar na hora.

No dia 24/11, sábado, acontecerá o Conselho Deliberativo ampliado da Rede Estadual, no Rio de Janeiro, o SEPE-Lagos pagará as despesas para ida. O Conselho acontecerá às 10h, no auditório do Sepe (Rua Evaristo da Veiga 55 - 7º andar).

Dia 26/11, segunda, acontece o Encontro Múltiplos Olhares, de 14h às 17h na Associação Atlética Cabo-friense. Também conseguimos o abono de faltas.

Ainda dia 26/11, após o encontro Múltiplos Olhares, às 17h30min, acontecerá a Assembleia da REDE ESTADUAL, onde daremos encaminhamentos às deliberações do Conselho Ampliado do dia 24/11. Nós, da rede estadual, precisamos nos organizar, são muitas as nossas demandas e há tempos não nos encontramos. Façamos todos os esforços para estarmos juntos nesta assembleia.

Dia 30/11, também na Associação Atlética Cabo-friense, às 17h30min teremos assembleia da rede MUNICIPAL. Temos muito a deliberar, como pauta inicial: o Plano de Cargos e nossa carga horária para 2013.
Vamos à luta!

sábado, 10 de novembro de 2012



Somos todos servidores, estamos todos nesta LUTA!


Moção de Repudio


A Direção Estadual do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (SEPE/RJ) repudia o brutal assassinato de Josy Ramos de Oliveira Armador, assistente social da Prefeitura de Búzios, aluna de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Uerj e professora da Faculdade de Serviço Social da Universidade Veiga de Almeida.

O sequestro e estupro seguido da sua morte, dia 6 de novembro em Cabo Frio, expressa a sistemática violência contra a mulher trabalhadora, sendo um produto da sociedade capitalista. O machismo, o individualismo e o preconceito de classe são as linhas mestras para a manutenção do modo de vida consumista e alienado que sustenta a acumulação da riqueza produzida pela classe trabalhadora, gerando seres desajustados capazes de tamanhas atrocidades.

Direção Estadual do Sepe/RJ
 Rio de Janeiro, 8 de novembro de 2012

ATENÇÃO, REDE ESTADUAL!


Orientação do Sepe para os professores da rede estadual sobre o início do trabalho dos avaliadores nesta segunda (dia 12/11)

A direção do Sepe, tendo em vista o início previsto para a próxima segunda-feira (dia 22/11) do trabalho dos supervisores que o projeto SEEDUC/Banco Mundial vai implementar primeiramente em 100 escolas da rede estadual, orienta os professores destas unidades para que procedam da seguinte maneira:

- em primeiro lugar, nós, os professores, somos os "Regentes de Turma". Ou seja, os profissionais são as autoridade máxima em sala de aula.

- também não existe qualquer documento oficial que tenha instituído a obrigatoriedade da presença desses "supervisores" nas salas de aula.

- nesse sentido, nenhum professor poderá ser obrigado a aceitar qualquer interferência desses avaliadores em sua sala de aula.

- o Jurídico do Sepe está dando tratamento e acompanhamento a essa questão.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Audiência pública sobre demolições no complexo do Maracanã será no dia 8 de novembro (quinta-feira)

Na próxima quinta-feira (dia 8 de novembro), será realziada uma audiência pública para discutir as modificações que o governo estadual está querendo promover no complexo do Maracanã, com a demolição dos estádios Célio de Barros e do Parque Aquático Júlio Delamare, além de outras demolições no entorno do estádio, como a do Museu do Índio e da EM Friedenreich. A audiência será realizada no Galpão da Cidadania (Avenida Barão de Tefé 75 - Gamboa - perto da Praça Mauá). A mobilização para a audiência que está marcada para as 18h, começará às 16h30m, na Praça em frente ao Galpão e a organização da mobilização está convocando todos para participar da luta contra o projeto do governo estadual de destruição do patrimônio histórico-cultural. Na audiência será cobrado do governo do estado mais respeito com a opinião pública e com a população do Rio de Janeiro, que merece um parque público, que sirva ao esporte, à saúde, ao lazer, à cultura e à educação da população.

Participam desta mobilização em defesa de um Maracanã público e para todos torcedores, usuários e funcionnários dos equipamentos esportivos do Marcanã, profissionais de educação, historiadores, representantes de tribos indígenas que lutam pela não demolição do Museu do índio, pesçquisadores e estudantes.

Encontro Estadual de Aposentados/as em Nova Friburgo-2012

Nos últimos dias  31 e 01 de novembro de 2012, realizou-se o  36º  Encontro Estadual de Aposentados/as em Nova Friburgo, onde teve como tema: Políticas Públicas para Aposentadas/os e idosas/os: O que temos e o que teremos.








Atenção Profissionais da Educação! Vem aí o Seminário Múltiplos Olhares!


segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Sepe protesta contra distribuição de livro de autora ligada a entidade privada

A Secretaria de Estado de Educação está distribuindo para os professores em sala de aula o livro “Depende de vocêcomo fazer de seu filho uma história de sucesso”, da educadora Andrea Cecília Ramal, consultora da TV Globo.

Trata-se de um livro de auto-ajuda, que pretende atingir os pais e responsáveis dos alunos de nossas escolas.

O Sepe está apurando como se deu a distribuição desse livro, se o governo comprou a edição e o distribuiu – o que equivaleria a pelo menos 60 mil exemplares, número de professores em salas de aula.

O Sepe está convocando um protesto para o dia 5 de dezembro, às 14h, em frente à sede da SEEDUC, no Santo Cristo (Avenida Professor Pereira Reis 119), contra a distribuição deste livro.

O ato é um protesto simbólico contra a forma com que o governo estadual trata a escola pública, privilegiando, no caso, uma autora de uma entidade privada, sem discutir com os próprios professores o conteúdo do livro.

Perguntamos: por que o estado não trabalha com autores da UERJ, uma instituição pública e estadual?

A nosso ver, o livro representa mais um tijolinho na construção que o secretário Risolia e o governador Cabral vêm fazendo na tentativa de desmontar a escola pública, e que inclui a montagem de uma política salarial que fala de bônus, mérito, de gratificação.

Política essa que a mídia aplaude de forma explícita, como fez o jornal O Globo, no dia 20/10, quando atacou, em um pequeno editorial, o próprio Sepe e os profissionais, dizendo que temos “arejar a cabeça” etc. Disse mais: que preferimos “ganhar pouco, mas não ser cobrado pelo patrão, no caso, o estado”.

Perguntamos ao jornal: nossas mobilizações por melhores salários e condições de trabalho por acaso são apenas uma farsa? Afirmamos ao O Globo que os profissionais de educação do estado não têm medo de serem cobrados, mas querem que isso ocorra com o governo dando uma contrapartida mínima, que é o cumprimento da lei: a Constituição estadual prevê reajuste salarial anual; uma contrapartida que é a de pagar salários dignos e oferecer boas condições de trabalho. Não isso que está : um piso salarial de R$ 1001,00; salas com 50 alunos; evasão de professores; diminuição do currículo para o aluno etc.

Provocação de O Globo à parte, recomendamos que os ditos formadores de opinião revejam seus conceitos, que mesmo os formuladores da política da meritocracia no exterior, como a educadora norte-americana Diane Ravitch - ex-secretária assistente da Educação nos Estados Unidos no governo Bush, e que também assessorou o governo Clinton. Ravitch, outrora uma defensora da meritocracia, mudou de opinião e hoje prega o fim desta política nas escolas, o fim da privatização do ensino e o fim dos testes padronizados.

A opinião dessa educadora não é pouca coisa.

Não podemos tratar nossas escolas como fábricas, e não podemos tratar nossos profissionais de educação e nossos alunos como mera matéria prima.

Por isso mesmo realizaremos este protestoreivindicamos que a SEEDUC esclareça como (o que foi gasto) e porque está distribuindo este livro; e se foi comprada a tiragem, quanto gastou.

Por tudo isso, o Sepe convoca a categoria a participar do ato, no dia 5, às 14h.

Secretaria de Aposentados do Sepe promoverá 36º Estadual em Friburgo a partir do dia 31 de outubro

A Secretaria de Aposentados do Sepe promoverá nos dias 31 de outubro e 01 de novembro o 36º Encontro Estadual dos Aposentados da Educação. Com o tgema Políticas Públicas para Aposentados e Idosos - o que temos e o que queremos, o evento será realizado no Hoel Bucksy, em Nova Friburgo. Maiores informações podem ser obtidas pelos telefones: (21) 2195-0450.

Durante dois dias, aposentados da educação de diferentes municípios do Estado discutirão temas como conjuntura, políticas públicas e direitos para os aposentados e idosos. Além dos debates e plenárias, a programação inclui a realização de atividades lúdicas e city tour.