sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Diretoras do SepeLagos sofrem agressão verbal e física


As diretoras do SepeLagos foram até a Praça das Águas, na Praia do Forte, em Cabo Frio, conforme divulgado anteriormente. Durante o ato, o chefe do Executivo parou o carro e agrediu verbalmente a coordenadora geral do sindicato, Denise Teixeira. Além disso, o mesmo ameaçou o motorista do carro de som – alugado pelo SepeLagos – que acabou saindo do local.
Mesmo com todas as agressões, as diretoras permaneceram em frente à Praça das Águas, acompanhadas de alguns adolescentes e até crianças que participavam da manifestação pacífica. Mas, os agentes da Fiscalização e Postura do município – atendendo as ordens do prefeito – tentaram tirar os manifestantes e arrancar as faixas à força.
Um homem – que não se identificou – puxou as faixas e, na hora que um adolescente tentava impedi-lo, colocou a mão na arma que estava em sua cintura, escondida apenas pela camisa que usava.
A polícia foi acionada pelo sindicato e, quando chegou, conseguiu acalmar os ânimos.

Os manifestantes permaneceram no local até o início da noite, exercendo um direito Constitucional: a liberdade de expressão. Pois, em todas as suas formas, a liberdade de expressão é um direito fundamental e intransferível, inerente a todas as pessoas; um requisito para a existência de uma sociedade democrática. 












Assembleia de Búzios: o que foi deliberado?


- Foi sugerido pelos presentes, compor uma comissão para estudar - já que é inconstitucional, segundo o secretário de Búzios - a eleição direta para diretor;
- Com relação ao material dos professores, o secretário prometeu que estaria nas escolas nesta sexta-feira;
- Foi colocada também em questão, a falta de estrutura nas escolas. O secretário disse que fez uma licitação para as cadeiras, mas que deu um problema na licitação. Não entregou no prazo adequado, por isso que não tem carteira. O secretário afirmou que depois do carnaval todas as cadeiras estarão devidamente nos seus lugares;
- Sobre o material didático, uma parte será liberada para que as escolas adiantem as compras;
- Outra reunião foi marcada para o dia 13, às 15h.

Fotos: Vanessa Rodrigues







Bom dia!

Atenção servidor público!!!
Hoje, a partir das 15h, ato na Praça das Águas, Praia do Forte, em Cabo Frio.
Chame seu amigo (a)! Vamos lutar por uma cidade melhor!!!

SepeLagos


quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Assembleia de arraial do cabo 


Na assembleia realizada ontem, no Colégio Francisco Porto, foi eleita a comissão para trabalhar no estudo - junto ao Executivo - para analisar a porcentagem de aumento para a Educação. A comissão vai se reunir no dia 17 de março, às 9h, com os secretários de Educação e Administração do município.
Uma nova assembleia foi marcada para o dia 19 de março, às 18h, no Colégio Francisco Porto.

Boa tarde!!! 

Você não pode perder... Participe! 



terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Atenção profissionais de Búzios!!!


Hoje, às 15h, ato em frente a Prefeitura. Participe!!!

Arraial do Cabo: reajuste será analisado por comissão


Durante reunião com o prefeito Andinho, em Arraial do Cabo, a direção do SepeLagos, juntamente com o Executivo, decidiu formar uma comissão para analisar a porcentagem de aumento para a Educação. A equipe vai se reunir no dia 17 de março, às 9h.
Hoje, às 18h, acontecerá assembleia da categoria no Colégio Francisco Porto.






segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Atenção servidores de Cabo Frio!!!

Na próxima sexta-feira, dia 28, Bloco dos Servidores, às 15h, em frente a Praça das Águas, na Praia do Forte, em Cabo Frio.
Venha! Participe!!!

Cabo Frio: Servidores se unem e rejeitam percentual imposto pelo governo


Durante assembleia unificada realizada hoje, no início da noite, na Escola São Cristóvão, em Cabo Frio, os servidores municipais rejeitaram, por unanimidade, o percentual de 5,85% imposto pelo Executivo Cabo-friense. O encontro foi convocado pelo SepeLagos (Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação), AFM (Associação dos Fiscais Municipais de Cabo Frio), Sindicaf (Sindicato dos servidores municipais), SINDSAÚDE (Sindicato dos trabalhadores da Saúde), AGMCF (Associação dos Guardas Municipais) e Comsercaf. Eles alegaram que o percentual imposto não foi discutido com o funcionalismo, nem com seus representantes. A proposta aprovada foi de 20%, sendo 10% de reposição da inflação e 10% de ganho real.
Outras propostas específicas - de cada categoria - foram apresentadas e serão levadas ao prefeito. Para que isso ocorra, um ofício será enviado ao Chefe do Executivo requerendo uma audiência. Outra assembleia unificada foi marcada para o dia 17 de março, no mesmo horário (17h30min) e local, onde serão definidos os rumos do movimento.

Entenda os percentuais:
O reajuste de 5,85% - aprovado pela Câmara – equivale a pouco mais da metade da inflação de junho de 2012 até janeiro deste ano, medida pelo IPCA, onde o acumulado de cerca de 10% é necessário para que os vencimentos não fiquem defasados. Os outros 10% - reivindicados e aprovados em assembleia – correspondem a ganho real, ou seja, além da inflação.





sábado, 22 de fevereiro de 2014



Atenção profissionais da Educação de Arraial do Cabo!!!


Nesta segunda-feira, dia 24, às 10h, está marcada audiência da direção do SepeLagos com o prefeito Andinho.
No dia 25, terça-feira, às 18h, acontecerá assembleia da categoria - com indicativo de greve - no Colégio Francisco Porto, onde será deliberado o que foi discutido com o Chefe do Executivo cabista.
Participe!

Sepe Lagos

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Assembleia de Búzios


Após assembleia realizada ontem, na Câmara de Búzios, foi deliberada a realização de ato, na próxima terça-feira, dia 25, em frente à Prefeitura, quando será entregue ofício ao prefeito solicitando uma audiência. O ato terá início às 15h.



Arraial do Cabo

Na próxima segunda-feira, às 10h, está marcada audiência do prefeito Andinho com os diretores do SepeLagos. E, na terça-feira, dia 25, às 18h, acontecerá assembleia da categoria no Colégio Francisco Porto.



quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014








* Postagem referente ao dia 17 de fevereiro.


Atenção profissionais da Educação de Cabo Frio!!!


- 24/02 – assembleia unificada dos servidores municipais de Cabo Frio, às 17h30min, na Escola São Cristóvão. Vamos levar nossa pauta de luta, afinal, o prefeito PROMETEU e NÃO CUMPRIU:

* Isonomia salarial para auxiliares de classe e inspetores de alunos;
* Insalubridade para ASGs e cozinheiras;
* Ressarcimento do Ibascaf;
* Fim da obrigatoriedade dos cursos dentro da reserva de 1/3 para planejamento.

Lutamos ainda:
• 1/3 da carga horária para planejamento;
• Equiparação salarial dos contratados;
• Reajuste salarial

SepeLagos

* Postagem referente ao dia 17 de fevereiro.


*A seguir as tabelas apresentadas por Nicholas Davies - prof. da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ - que mostram a evolução das matrículas na educação básica. A tabela 1 mostra os dados globais de todas as regiões geográficas (Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste, Sul), Unidades Federativas e dependência administrativa (estadual, municipal e privada). A tabela 2 mostra a participação percentual das redes estaduais, municipais e privadas em número de matrículas na educação básica em 2012 em cada Estado. A tabela 3 registra a classificação percentual em ordem crescente (da menor para a maior) das redes estaduais. A tabela 4 revela a classificação percentual em ordem decrescente (da maior para a menor) das redes privadas.







* Postagem referente ao dia 17 de fevereiro.



REDE ESTADUAL DE ENSINO DO RJ É A QUE MAIS DIMINUIU NO BRASIL (-34,7%) NA EDUCAÇÃO BÁSICA ENTRE 2006 E 2012, COM PERDA DE 516.471 MATRÍCULAS, PORÉM A REDE PRIVADA DO RJ FOI A QUARTA QUE MAIS CRESCEU (193.73 MATRÍCULAS, OU +22,5%), TORNANDO-SE A SEGUNDA MAIOR REDE PRIVADA DO BRASIL



Autor: Nicholas Davies, prof. da Faculdade de Educação da Universidade Federal
Fluminense, Niterói, RJ


O secular descompromisso dos governos estaduais do RJ com a educação pública adquiriu proporções catastróficas no atual governo, que assumiu o mandato em 2007. Pelo menos é o que demonstra a comparação das matrículas na educação básica em 2006 (ano anterior à posse do atual “governador”) e 2012. O número de matrículas estaduais caiu de 1.490.137, em 2006, para 973.666, em 2012, uma enorme queda de 516.471, ou -34,7%, o maior declínio percentual de todas as redes públicas (estaduais e municipais) do Brasil. Em 2013, o número caiu ainda mais, para menos de 800 mil, segundo os resultados preliminares (os definitivos ainda não foram divulgados no sítio do Inep) do Censo. Coincidência ou não, a rede privada na educação básica cresceu 22,5%, passando de 856.835, em 2006, para 1.049.908, em 2012, um aumento de 193.073, o quarto maior acréscimo percentual da rede privada no Brasil. A responsabilidade muito maior do governo estadual pela expansão da rede privada fica mais evidente quando se constata que as redes municipais no RJ diminuíram 6% no período (menos 103.986 matrículas), ao passo que a rede estadual caiu 34,7% (menos 516.471 matrículas). O que é mais grave é que o Rio de Janeiro é o único Estado em que a rede privada (1.049.908 matrículas) era, em 2012, maior na educação básica do que em qualquer Estado. Nos demais Estados, que não são modelo para nada de bom, o descompromisso dos governos estaduais não chega a tanto. Por exemplo, no Brasil como um todo as redes estaduais eram em 2012 2 ½ maiores do que as redes privadas. Na região Sul, a diferença era até maior, pois as redes estaduais eram mais de 3 ½ maiores do que as redes privadas.
O que é estranho é o governo estadual do RJ auferir a terceira maior receita de impostos de todos os governos estaduais, só perdendo para São Paulo e Minas, e de ela ter praticamente dobrado de 2006 para 2012. Em 2006 foi de cerca de R$ 18 bilhões, subindo para cerca de R$ 36 bilhões em 2012. Estranhamente (pois as matrículas diminuíram drasticamente), as despesas declaradas (o que não significa a verdade) pelo governo em educação (sem computar as perdas bilionárias do governo com o Fundeb) aumentaram de R$ 3,580 bilhões, em 2006, para 5,455 bilhões, em 2012. Como explicar tantas inconsistências: a terceira maior receita de impostos dos governos estaduais, o aumento significativo de despesas declaradas em educação, e a redução enorme das matrículas na educação básica?
A consequência deste descompromisso do governo estadual foi que a rede estadual do RJ se tornou a quarta menor do Brasil em termos percentuais (só perdendo o campeonato do descompromisso para Maranhão, Alagoas e Ceará, e a rede privada se tornou a segunda maior do Brasil, só ficando atrás do Distrito Federal.
Atenção!

Estamos com alguns problemas técnicos em nosso blog e isso já está sendo resolvido. É possível que algumas atualizações não fiquem disponíveis por algum tempo.
Pedimos paciência e desculpas aos nossos seguidores, pois estamos resolvendo o problema. Todas as informações estarão disponíveis também no nosso Facebook.

Desde já, agradecemos.
Assessoria de imprensa - Keetherine Giovanessa

domingo, 9 de fevereiro de 2014




Acima, estudo da AFM sobre a viabilidade da chamada dos concursados de Cabo Frio.

PMRS REAJUSTE 2014

Conforme informamos em nosso estudo anterior, o IBGE ainda não havia divulgado o índice relativo ao IPCA de janeiro de 2014. Este índice já se encontra disponível, de forma que o cálculo final para o reajuste do PMRS relativo ao período de julho de 2012 a janeiro de 2014 está apresentado abaixo. Afm Cabo Frio


sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014


ESTUDO SOBRE REAJUSTE DO PISO MUNICIPAL DE REFERÊNCIA SALARIAL (PMRS) ANO 2014

          
  • De acordo com a Lei Complementar nº11 de 27 de junho de 2012 (PCCR), o PMRS deve ser corrigido todo ano, aplicando o índice de inflação do período de reajuste. O IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), medido mensalmente pelo IBGE é considerado o índice oficial de inflação do País.
  • O PMRS foi criado com o valor de R$700,00 em junho de 2012, quando da aprovação da Lei Complementar nº11 e seu valor não foi corrigido desde então. Desta forma, o período em questão é de julho de 2012 até janeiro de 2014, levando-se em consideração a antecipação da data de reajuste divulgada na imprensa local. Utilizando o calculador automático http://fundos.economia.uol.com.br/uol/calculadora-indices-inflacao/Default.aspx , obtemos o índice abaixo:
  • Note-se que este valor de 9,55% ainda deverá ser acrescido do índice de janeiro de 2014, que será
  • divulgado, provavelmente, até o dia 07 de fevereiro .


quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Atenção Educação!!!

Sepe Lagos realizou ato público em frente ao Fórum de Cabo Frio para convocação dos concursados. Na audiência realizada hoje, a juíza e a promotora pública tentaram, de todas as formas, sensibilizar os representantes do governo a chamar os 1230 professores concursados da rede - uma vez que o município tem condições financeiras para assumir esses servidores, comprovado através de estudo solicitado pelo SepeLagos à Associação dos Fiscais Municipais de Cabo Frio - mas nada adiantou. Sendo assim, a juíza marcou para esta sexta-feira a sua sentença.
Na próxima segunda-feira, dia 10, começam as aulas e não há professores para atender todas as turmas. Isso mostra, mais uma vez, a falta de respeito que o poder público tem com a Educação.








domingo, 2 de fevereiro de 2014


Calendário de assembleias:

- 10/02 - assembleia em Arraial do Cabo, às 18h, com local a ser confirmado;
- 12/02 - assembleia em Cabo Frio, às 18h, com local a ser confirmado;
- 14/02 - assembleia dos aposentados para o congresso do SEPE, às 14h, no núcleo do Sepe Lagos, no Premier Center;
- 18/02 - assembleia em Búzios, às 18h, com local a confirmar.

Nos próximos dias divulgaremos os locais das assembleias. Fique atento!
SepeLagos