sexta-feira, 26 de junho de 2015

Prefeito de Cabo Frio anuncia nova proposta de aumento salarial para servidores

Na tarde de quinta-feira (23) o prefeito Alair Corrêa recebeu no gabinete a visita do presidente da Associação dos Guardas Municipais de Cabo Frio Edson Lopes e o Delegado Sindical Joel Pires Marque, que representou o presidente da SINDCAF Olney Vianna. Durante o encontro, o prefeito de Cabo Frio fez uma nova proposta de aumento salarial para os servidores. Anteriormente, o prefeito havia oferecido um reajuste de 5,83%. E agora o acordo pode ser firmado em 8,13%.

O Movimento Unificado que inclui o Sepe Lagos, a Associação de Fiscais do Município (AFM), a Associação dos Guardas Municipais de Cabo Frio (AGMCF), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Cabo Frio (Sindicaf) e o Sindicato dos Profissionais da Saúde (SindSaúde) conseguiu a atenção do prefeito com os atos de rua. No primeiro encontro com o chefe do Executivo foi oferecido 2% de reajuste salarial. Após várias discussões, o Movimento recebeu a proposta de 5,83%.
Na última assembleia dos servidores municipais de Cabo Frio foi aprovado o índice de 10,2%.

O Movimento entende que qualquer proposta deve ser discutida com todos os líderes sindicais por se tratar de um Movimento Unificado.  Sendo assim, na próxima segunda-feira (29) os servidores farão um novo ate, às 8h, em frente à Prefeitura, onde vão discutir a notícia
Na tarde de quinta-feira (23) o prefeito Alair Corrêa recebeu no gabinete a visita do presidente da Associação dos Guardas Municipais de Cabo Frio Edson Lopes e o Delegado Sindical Joel Pires Marque, que representou o presidente da SINDCAF Olney Vianna. Durante o encontro, o prefeito de Cabo Frio fez uma nova proposta de aumento salarial para os servidores. Anteriormente, o prefeito havia oferecido um reajuste de 5,83%. E agora o acordo pode ser firmado em 8,13%

O Movimento Unificado que inclui o Sepe Lagos, a Associação de Fiscais do Município (AFM), a Associação dos Guardas Municipais de Cabo Frio (AGMCF), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Cabo Frio (Sindicaf) e o Sindicato dos Profissionais da Saúde (SindSaúde) conseguiu a atenção do prefeito com os atos de rua. No primeiro encontro com o chefe do Executivo foi oferecido 2% de reajuste salarial. Após várias discussões, o Movimento recebeu a proposta de 5,83%.
Na última assembleia dos servidores municipais de Cabo Frio foi aprovado o índice de 10,2%.

O Movimento entende que qualquer proposta deve ser discutida com todos os líderes sindicais por se tratar de um Movimento Unificado.  Sendo assim, na próxima segunda-feira (29) os servidores farão um novo ate, às 8h, em frente à Prefeitura, onde vão discutir a notícia divulgada nas Mídias Sociais pela assessoria de imprensa do Executivo.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Convocação para paralisação de 24h

Participe do ato pela nossa luta!!!
Convocação para paralisação de 24h dos servidores municipais na próxima segunda-feira (29) em frente à Prefeitura!

terça-feira, 23 de junho de 2015

Servidores de Cabo Frio fazem novo ato de manifestação











As discussões entre o poder público de Cabo Frio e os servidores municipais se arrastam por meses, e nesta terça-feira (23) o grupo decidiu novamente em manifestação unificada fazer uma greve de advertência. A paralisação por parte dos servidores terá duração de 24 horas. O objetivo segundo os mobilizadores é chamar atenção da população e principalmente do governo que até agora não se mostrou aberto para um debate com a classe.

Integram o grupo, o Sepe Lagos, a Associação de Fiscais do Município (AFM), a Associação dos Guardas Municipais de Cabo Frio (AGMCF), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Cabo Frio (Sindicaf) e o Sindicato dos Profissionais da Saúde (SindSaúde). Os manifestantes se concentraram em frente à Prefeitura de Cabo Frio, onde levantaram faixas de deram gritos de ordem em repúdio ao descaso do governo com relação às reivindicações da categoria. Entre elas o reajuste salarial e também o repasse do vale-transporte, que não está sendo depositado.

Após a ação na prefeitura, os servidores partiram em direção a Câmara Municipal, onde também questionaram a participação dos vereadores para cobrar uma resposta do prefeito. Para a representante do Sepe Lagos, Denise Teixeira, uma conversa com o prefeito e os manifestantes seria o ideal, “nós só queremos negociar os nossos direitos, que são o reajuste salarial, a liberação da aposentadoria para muitos servidores que estão com o benefício atrasado, além do valor do vale-transporte que também não está em dia. Mas infelizmente o prefeito Alair Correia se recusa a nos atender”, desabafa.

Durante a ação os sindicalistas também arrecadaram alimentos não perecíveis, que serão doados para a instituição Casa Renê Pessa. Segundo o grupo, a ideia é mostrar que as mobilizações também podem e devem gerar solidariedade. As próximas paralisações acontecem na segunda-feira (29) e no dia 8 de julho.

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Movimento Unificado aprova paralisação de três dias

O Movimento Unificado de Cabo Frio aprovou ontem, por unanimidade, durante assembleia na E.M. Edilson Duarte, paralisação com ato em frente à Prefeitura, a partir das 8h, e assembleia em seguida. Também foi aprovada a luta pelo reajuste salarial de 10.2% para todos os servidores municipais. As paralisações acontecerão nas seguintes datas:
- 23/06 (terça-feira) – ato com arrecadação de alimentos que serão doados para a Casa Renê Pessa;
- 29/06 (segunda-feira) – sopão da dignidade;
- 08/07 (quarta-feira) – doação de sangue dos servidores para ajudar o banco de sangue da região.
Todos os atos acontecerão a partir das 8h, em frente à Prefeitura.

Participe!










segunda-feira, 1 de junho de 2015

ATENÇÃO!!!

Mesmo assumindo o compromisso com os servidores no ato realizado na última quinta-feira, em frente à Prefeitura, de que atenderia os sindicatos hoje, às 11h, o prefeito não o fez.
A assessoria de imprensa do prefeito disse aos representantes do SepeLagos e AFM, que compareceram à Prefeitura, que nada foi agendado pelo Chefe do Executivo.