sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

SepeLagos mostra garra e continua com acampamento

Depois de todo o desgaste de hoje provocado pelo Chefe do Executivo - impedimento da entrada de alimentos e água para os profissionais da educação e corte de luz - a categoria decidiu, no final da tarde, ficar na escadaria da prefeitura, do lado de fora, com o intuito de evitar novos transtornos e aproximar mais os servidores da população.

Quando já estavam do lado de fora, os profissionais receberam a intimação do oficial de justiça, determinando a desocupação do prédio público. Entretanto, isso já tinha ocorrido. Alguns funcionários da procuradoria da prefeitura queriam impedir a permanência da categoria próximo da prefeitura, distorcendo a determinação judicial, uma vez que a praça é pública.
Os profissionais da educação decidiram continuar com o acampamento na praça, respeitando a justiça - coisa que o governo não faz - e garantindo o direito constitucional de manifestar em prol do cumprimento dos seus direitos.
A luta é árdua, mas a categoria é forte e só sairá da frente da prefeitura quando o prefeito pagar o salário de todos os funcionários da educação referente à dezembro, o 13o e 1/3 de férias.
Vamos avançar na luta!
SepeLagos







Nenhum comentário:

Postar um comentário