sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016



NOTA OFICIAL DO SEPE

Como já estávamos esperando o TAC vem sendo descumprido desde o início pelo Poder Público Municipal de Cabo Frio. Desde os prazos que tiveram que ser revistos até a forma da renovação automática que segundo o próprio TAC dependia apenas da declaração demonstrando a vontade de voltar.

Quando tomamos conhecimento da avaliação da direção escolar, o SEPE procurou o MP para comunicar o ocorrido e solicitamos a listagem dos contratados para publicação e conferência a fim de que nenhuma injustiça fosse cometida.


Assim que o MP recebeu a listagem, forneceu ao sindicato que imediatamente postou. A chefe do RH da SEME chegou a dizer "que agimos com irresponsabilidade", porém, irresponsável é quem brinca com a vida das pessoas, desrespeitando o MP.

Comparando a listagem do MP com a listagem postada no site da Prefeitura, pudemos perceber que existia nomes duplicados e até triplicados. Várias pessoas que apareciam na listagem do MP, não constava no da Prefeitura fora as centenas de pessoas que fizeram a declaração e não apareceram em nenhuma lista.

Oficializamos o MP das irregularidades existentes e o mesmo contactou o Poder Público que modificando o discurso reconhece o erro.

Amanhã sairá uma nova listagem. Queremos colocar que iremos novamente conferir todos os nomes. Temos companheiros que tem a prova da declaração, realizada na unidade escolar, caso seja necessário iremos recorrer juntamente com o valoroso Ministério Público.

NÃO PERMITIREMOS ESSA INJUSTIÇA!!!

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016



Categoria mostra força, mantém greve e faz nova proposta ao governo

As últimas 48 horas mostraram o quanto a greve dos profissionais da educação está se fortalecendo, tanto no meio jurídico, quanto entre a comunidade escolar (pais, alunos e comerciantes locais). Isso só demonstra que todos já entenderam o porquê da greve: a categoria luta por direitos adquiridos, como por exemplo, o pagamento até o quinto dia útil (direito Constitucional) e por uma escola pública municipal dequalidade.
Com a proposta do governo – apresentada ontem no Tribunal de Justiça (e também hoje pela manhã em reunião na Câmara Municipal) e rejeitada pelos profissionais e, inclusive, pela justiça – de pagar fevereiro somente dia 23 de março, na assembleia realizada hoje à noite, na Escola São Cristóvão, os educadores decidiram manter a greve. A proposta da categoria para o governo é pagar fevereiro até o quinto dia útil e – como existe dinheiro em caixa, como se pode provar através de números – pagar no dia 23 de março o mês corrente, como acontecia anteriormente.
Uma nova assembleia foi marcada para segunda-feira, dia 29, às 18h, no Edilson Duarte.


Deliberações da assembleia:

- continuação da greve;
- assembleia segunda-feira, 18h, no Edilson Duarte;
- reunião de pais sexta-feira, dia 26, às 18h, nos seguintes locais: Leaquim Schuindt (Jardim Esperança), Escola São Cristóvão e Edith Castro (2° Distrito);
- acertar o pagamento de fevereiro até o quinto dia útil e no dia 23 de março, o mês corrente, como acontecia anteriormente;
- construção pelo Sepe do dia 8 de março como o Dia Internacional da mulher;
- Reunião da comissão de estudos sobre a aplicação da verba do Fundeb, sexta-feira, dia 26, na sede do Sepe, às 12h.

‪#‎SepeLagos‬












Seguem as imagens da reunião realizada durante a manhã de 24/02 na câmara dos vereadores, com os representantes do governo de Cabo Frio.






quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Participe!




Prefeitura tem 72h para apresentar proposta à Educação

A sessão de conciliação entre a prefeitura de Cabo Frio e o SepeLagos (Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação) terminou agora pouco na sala da presidência do Tribunal de Justiça. O encontro, que começou às 15h, demorou duas horas. O juiz determinou que a prefeitura tem 72h para apresentar uma proposta para os profissionais da educação. Isso significa que o processo está parado até que a prefeitura apresente umaproposta que contemple a categoria, uma vez que salário é questão de sobrevivência, como lembrou várias vezes o juiz e a promotoria.
Amanhã acontecerá assembleia da categoria, na Escola São Cristóvão, às 18h, onde será dado o informe completo da audiência no TJ.
Vale ressaltar, que o procurador do município de Cabo Frio se comprometeu, perante o juiz, que mandará a proposta no prazo estabelecido para o TJ, assim como para o jurídico do Sepe.






Ato (22/02) em defesa da escola pública municipal de Cabo Frio

#SucessoTotal
#ObrigadaPeloApoioDeTodos


Ato (22/02) em defesa da escola pública municipal de Cabo Frio

#SucessoTotal
#ObrigadaPeloApoioDeTodos




Ato em defesa da escola pública municipal de Cabo Frio

Os profissionais da educação de Cabo Frio realizaram um bonito ato dia 22/02, no final da tarde, pelas ruas do Centro de Cabo Frio. Cerca de 350 pessoas participaram do manifesto entre educadores, pais, alunos e comerciantes locais.

‪#‎SucessoTotal‬
‪#‎ObrigadaPeloApoioDeTodos‬











Durante assembleia realizada no último sábado (20) pelo Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio (Sepe), os professores decidiram pelo início da greve na rede pública estadual a partir do dia de 2 de março. Nesse mesmo dia, acontecerá ato em frente à Alerj, no Centro.

As reivindicações são: reajuste salarial e melhores condições de trabalho. Os profissionais também colocam em questão o novo projeto de reforma previdencial, que passa o desconto de previdência de 11% para 14%.







Reuniões com pais e responsáveis dos alunos no Jardim Esperança (Leaquim Schuindt) e em Tamoios no Segundo Distrito (Edith Castro). Ambas realizadas em frente às escolas, pois a Secretaria de Educação não permitiu a entrada dos profissionais de educação e pais de alunos nas instituições de ensino.
O objetivo das reuniões foi explicar aos responsáveis o porquê da greve. A categoria conseguiu o apoio da população que se mostrou solidária aos educadores.

‪#‎VamosAvançarNaLuta‬
‪#‎PorUmaEscolaPúblicaMunicipalDeQualidade‬
‪#‎TodosNaLuta‬
‪#‎SepeLagos‬