quinta-feira, 22 de junho de 2017

Deliberações da assembleia de Cabo Frio:

- Paralisação de 72, a partir desta quinta-feira (22), com indicativo de greve;
- não fechar os documentos para o Conselho de Classe, até os contratados terem a isonomia salarial;
- acompanhamento da sessão na Câmara Municipal, às 18h;
- panfletagem nas escolas sexta-feira (23);
- arrecadação de alimentos para ajudar os aposentados que estão sem pagamento, com doações na sede do sindicato. No dia 29/06, às 10h, arrecadação na Praça de São Cristóvão;
- grupo de trabalho para analisar a lei de consulta para direção, dia 3 de Julho, às 13h, no SepeLagos;
- próxima assembleia segunda-feira (26), às 18h, no Edilson Duarte.


quarta-feira, 21 de junho de 2017

Reunião no gabinete da presidência

Os vereadores se reuniram ontem, antes da sessão, com representantes do SepeLagos, no gabinete da presidência.
Entre os assuntos debatidos, a não realização de quatro sessões devido às manifestações realizadas na plenária da Casa. Os sindicalistas rebateram a crítica e afirmaram que essa é a única maneira da categoria ter atenção; uma vez que, na reunião marcada com os vereadores para tratar sobre a situação dos auxiliares de classe, ninguém compareceu. Apenas o vereador Rafael Peçanha justificou a ausência, através de ofício enviado ao sindicato, dizendo que estava dando aula em Macaé no dia marcado.
A não liberação do uso da Tribuna também foi questionada pelos servidores. O presidente da Câmara, Aquiles Barreto, disse que estava seguindo o regimento da Casa, mas, ao final da reunião, se comprometeu a conversar com os vereadores para abrir uma exceção e a Tribuna ser utilizada pela categoria nesta quinta-feira.
Tudo que foi discutido na reunião será apresentado à categoria na assembleia desta quarta-feira, dia 21, às 18h, no Colégio Edilson Duarte.


Atenção Profissionais da Educação!

Além da categoria estar com todos os seus direitos negados, como: triênio, mudança de nível, enquadramento, sem parcela do décimo terceiro de 2015; com aposentados sem receber dezembro e décimo de 2016; com contratados ainda sem receber pagamento, sem isonomia e sem a diferença de abril. O SEPE Lagos, representante legal da categoria, solicitou por três vezes o uso da tribuna, por entender que o poder legislativo tem o papel de fiscalizar as receitas do município e o modo como a mesma vem sendo gasta, uma vez que no primeiro quadrimestre chegamos a 63 MILHÕES mês. A tribuna livre foi negada por três vezes pelo presidente, Aquiles Barreto mesmo não estando sendo usada, desrespeitando o regimento interno. Porém o SEPE foi notificado e ameaçado com base no mesmo regimento que vem sendo desrespeitado, só porque a categoria não aceita a falta de posicionamento da câmara e exerce seu livre direito de manifestação.
Não aceitamos ameaças e muito menos ditadura. Somos educadores, lutamos por uma Educação que quebre barreiras e não que ponha muros.
Estamos e continuaremos nas ruas enquanto nossos direitos forem desrespeitados.




Deliberações da assembleia de Arraial do Cabo:

- Terça-feira (04/07) realização de fórum de debate sobre o PCCR e fechamento de proposta para enviar ao governo, no colégio Francisco Porto, às 18h;
- Adesão à greve geral dia 30/06, com ato na Praça Porto Rocha, em Cabo Frio, às 9h.



SEPE Lagos acompanhou a escolha dos concursados de Arraial do Cabo.

Para auxiliares de Creche foram apresentadas 23 vagas e foram escolhidas 09.
Para Professor de 1° a 3° ano, foram apresentadas 48 vagas e escolhidas 12.
Para Inspetores de alunos, foram apresentadas 70 vagas e escolhidas 15.
Para Professor de Educação Infantil apresentaram 70 vagas e foram escolhidas 14.

Para Professor de 4° e 5° ano, apresentaram 24 vagas e 10 escolhas; para Secretário Escolar apresentação 16 vagas e foram escolhidos 6; para Orientação e Supervisão foram apresentadas 14 vagas para cada e foram escolhidos 2 para cada cargo.


quarta-feira, 14 de junho de 2017

Atenção pessoal do concurso de 2009!

Essas pessoas não fizeram o recadastramento e por conta da empresa que realizou o concurso ter falido, a SEME não teve como mandar telegrama. Vamos divulgar pessoal!



Realmente a favor do povo?



Ato de paralisação de 72 horas


Receber o salário em dia é obrigação! Ainda mais numa cidade que está arrecadando mais de 60 milhões de reais por mês.
Como sempre, dinheiro a cidade tem, o que falta é a gestão do mesmo.
Aqui seguem as imagens do ato de paralisação de 72 horas que os profissionais da educação de Cabo Frio realizaram durante essa manhã, no centro da cidade.



SepeLagos se reúne com prefeito de Arraial do Cabo

Uma reunião positiva e com conquistas. Essa é a avaliação da diretora do SepeLagos, Denise Teixeira, sobre a reunião ocorrida nesta sexta-feira com o prefeito Renatinho Vianna, em Arraial do Cabo. O chefe do Executivo se comprometeu a reduzir os gastos com secretarias e cargos comissionados para atender as demandas do município e, consequentemente, dos servidores.
Sobre a greve de 2014, o sindicato cobrou o não pagamento de dezembro. O secretário de Administração, Cacau, solicitou a apresentação do relatório dos que não receberam, para saber o impacto orçamentário na Folha e como esse pagamento poderá ser feito.


O sindicato também pediu a revisão da Lei de Consulta para diretor de escola e a inclusão do inspetor de aluno e da merendeira no Plano de Carreiras da Educação, uma vez que todo o impacto financeiro desses profissionais acontece na Educação e não consta no PCCR.
O SepeLagos sugeriu um novo Fórum de Debates para melhorias na pasta da Educação e o prefeito acatou o pedido. A data e o local ainda serão definidos.


Deliberações da assembleia de Cabo Frio:

- paralisação de 72h a partir de segunda-feira;
- Segunda-feira (12), às 9h, concentração em frente à prefeitura para caminhada pelas ruas da cidade;
- Terça-feira (13), às 18h, acompanhamento da sessão;
- Quarta-feira (14), às 8h30, panfletagem no Largo Santo Antônio e, em seguida, assembleia na Praça Porto Rocha;
- Campanha virtual contra os vereadores.

terça-feira, 13 de junho de 2017

Conquista em Arraial do Cabo

Na manhã de hoje tivemos uma conquista que foi muito batalhada desde 2014, onde a categoria foi diariamente para as ruas de Arraial do Cabo lutar pelo PCCR e pela realização de um novo concurso para os profissionais de educação na cidade.

No final de 2015 houve a primeira vitória concreta, que foi a concretização do concurso; Agora, em 2017, conseguimos com mais luta ainda nas ruas que houvessem as convocações e efetivações dos novos colegas.

Sejam bem vindos!
Só a luta tem o poder da mudança!
#sepenaluta







sexta-feira, 9 de junho de 2017

Reunião do sindicato com o prefeito de Cabo Frio

O sindicato esteve em reunião com o prefeito de Cabo Frio na última quinta-feira e foi informado pelo chefe do Executivo que a cidade não possui dinheiro em conta para pagar os salários na integralidade dos contratados. O prefeito garantiu que pagará o resíduo desses salários daqui a dois meses, depois do término do contrato.
Sobre o auxílio doença, o prefeito disse que tentará ver a situação nesta sexta-feira (9).
Tudo isso será discutido na assembleia de amanhã, às 18h, no Edilson Duarte.







quinta-feira, 8 de junho de 2017

Deliberações da Assembleia

- Paralisação de 24h na segunda-feira (12), caso o prefeito não cumpra o pagamento de todos os contratados e os servidores que recebem auxílio-saúde.

- Nova assembleia na sexta-feira (9), às 18h no Colégio Municipal Edilson Duarte.

- A categoria decidiu caso esse mesmo cenário volte a se repetir a partir do próximo mês, com o não-pagamento de TODOS os profissionais da educação (contratados e efetivos) até o 5º dia útil, será greve automaticamente.




Atenção Rede Estadual!

Alerj aprovou a convocação de concursados e manteve triênios, licenças prêmios e bonificações

O Sepe esteve hoje (06) na Alerj, em conjunto com o Muspe, em mais um dia de luta: a Alerj aprovou hoje (06) o projeto de lei que autoriza o governo a aderir ao termo de recuperação fiscal do governo Temer.

Graças à nossa pressão, foi garantido no projeto a convocação de todos os servidores aprovados em concursos públicos homologados antes de junho de 2016, além da manutenção de direitos adquiridos como triênios, licenças e bonificações.

Foram 50 votos favoráveis e nove contrários.

Com isso, o projeto vai para a sanção de Pezão.

Temos que ficar atentos ainda esta semana, pois poderá entrar em pauta o projeto que congela o adicional por tempo de serviço.

No dia 13, a rede estadual fará uma greve de 24 horas, com assembleia às 11h, na ABI, e marcha com os demais servidores até o Palácio Guanabara, com concentração no Largo do Machado, às 14h.

Atenção Concursados de 2009!

Acabamos de ser procurados pela secretária de educação onde fomos informados da dificuldade de achar o endereço para o telegrama dos convocados do concurso de 2009, uma vez que a firma que realizou o mesmo faliu e nem todos fizeram o recadastramento. Iremos juntamente com a SEME divulgar em jornal de grande circulação de forma que todos tenham acesso.

Precisamos divulgar o máximo que pudermos, para que todos tenham acesso a informação.

Assembleia dos profissionais da educação aposentados.

Imagens da assembleia realizada hoje à tarde com os profissionais da educação que estão aposentados.

Por unanimidade, foi decidida a participação na assembleia geral, que ocorrerá no dia 13 deste mês, no Rio de Janeiro.


Atenção Profissionais da Educação de Arraial do Cabo!

Como aprovado em assembleia encaminhamos mais uma vez ofício para o prefeito a fim de debatermos nossas demandas. Como até a presente data não tivemos resposta, entramos em contato com o mesmo via telefone e o mesmo justificou que está viajando, ficando assim que chegar entrar em contato.

A luta continua!

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Representantes do povo?

A coordenadora do SepeLagos, Júlia Barreto, e as diretoras Denise Teixeira e Alice, estiveram hoje na Câmara Municipal de Cabo Frio, para reunião com os vereadores, conforme solicitada através de ofício. Somente o vereador Rafael Peçanha justificou a ausência, pois trabalha em Macaé. Os demais sequer apareceram na Casa Legislativa. O vereador Luiz Geraldo chegou e saiu sem atender o sindicato, dizendo que não faria a reunião sozinho.
A reunião de hoje iria discutir sobre a situação dos auxiliares de classe, projeto de lei de autoria do vereador Rafael Peçanha que seria apreciado ontem, o que acabou não acontecendo devido a falta de energia elétrica.
Além desse fato, a Tribuna foi solicitada duas vezes pela categoria e, em nenhum momento foi aberta ao sindicato, atitude que fere agressivamente a democracia. O posicionamento da Câmara é lamentável. Saímos da Casa do Silêncio para a Câmara da insensibilidade com a realidade do servidor público. Representantes do povo? Questionável isso...



Aposentados!


Atenção Profissionais da Educação de Cabo Frio!

A diretoria do Sepe reuniu-se na Secretaria de Fazenda na última quinta-feira (1) para verificar a viabilidade financeira. A prefeitura informou que atualmente possui na conta do Fundeb R$ 3.230.000,00 e que um novo repasse no valor de 2 milhões também entrará nos cofres públicos. Na conta da prefeitura, além do fundo, existe R$ 4.289.000,00, mais R$ 2.600.000,00, devendo entrar mais 2 milhões.

O secretário de fazenda garantiu a categoria que a educação terá prioridade de pagamento e seu empenho para realizar o mesmo até o quinto dia útil, desde que a folha chegue para ele até a sexta-feira (2). Após a reunião, a diretoria foi até a prefeitura onde conversou com a Da. Célia que garantiu que mandará a mesma até amanhã às 17h.